DHCP
O DHCP(Dynamic Host Configuration Protocol) é um protocolo de gerenciamento utilizado para facilitar a configuração de um dispositivo numa rede. Ao invés de serem necessárias configurações manuais (e que exigem conhecimento da estrutura da rede), a configuração é feita entre o cliente e o Servidor DHCP.

O servidor DHCP

O servidor DHCP é uma máquina que internamente tem os parâmetros da rede, como servidores DNS e uma relação de endereços IP disponíveis. Em redes domésticas, tipicamente o roteador assume todas as funções possíveis, para reduzir espaço e complicações. Portanto, o que chamamos de roteador é, ao mesmo tempo: modem(no caso de o dispositivo que se conecta à fibra óptica ou cabo coaxial e ele prover a conexão WAN), roteador, servidor DHCP, entre outros. No entanto, não há problema nenhum em utilizar um outro servidor DHCP na rede, o que geralmente é necessário quando se tem uma rede mais complexa ou customizada, como é o caso do Pi-hole, que permite ser tanto um servidor DHCP quanto um servidor DNS.

Parâmetros configurados

  • Endereço IP do cliente
  • Gateway da rede: roteador por onde sai a informação.
  • Servidores DN:
  • Máscara da sub-rede: o "tamanho" da rede
  • Tempo de concessão do endereço (Lease time): O tempo que o servidor DHCP "empresta" o endereço.

Processo de configuração.

O processo é realizado através de pacotes UDP. As portas padrão para isso são 67 no servidor e 68 no cliente.
  1. 1.
    Discovery: O cliente envia um pacote de descoberta para toda a rede.
  2. 2.
    Offer: Um (ou mais) servidores DHCP oferecem a configuração, consistindo tipicamente de endereço IP, servidores DNS, lease time e gateway padrão.
  3. 3.
    Request: O cliente pede a oferta ao servidor DHCP.
  4. 4.
    Acknowledgement: O servidor reconhece a oferta, e envia a mensagem encerrando o processo.